02 março, 2010

A GRAÇA...



O Evangelho segundo João registra no capítulo de número oito um dos momentos mais cruciais na história da redenção. João relata ali o encontro tenso e constrangedor entre Jesus, os mestres da Lei e os fariseus, e uma mulher surpreendida em flagrante adultério.

Os mestres da Lei e os fariseus estavam sempre buscando um meio de pegar Jesus no contra pé, eles que gostavam de uma controvérsia religiosa. Na verdade, andavam enciumados e morrendo de inveja da forma como as multidões acorriam para os lugares onde Jesus estava pregando e não mais davam atenção ao seu discurso insípido e enfadonho.

Na verdade, esse encontro entre os personagens citados, é apenas uma metáfora, representando um quadro muito mais amplo e profundo. O que temos aí não é apenas o encontro de Jesus com alguns religiosos de plantão, tentando condenar uma mulher que, sabe-se lá por quais razões, entregou-se a uma vida de volúpia e devassidão.

Esse encontro, ainda que tenha acontecido de fato é no fundo uma alegoria. O que temos aí é o confronto titânico entre a Lei e a Graça! Os fariseus e escribas de um lado representando a Lei, Jesus, do outro, representando a Graça, e a mulher pecadora no meio, representando quem?? a mulher adúltera representa a mim e a você, a humanidade corrompida.

Esse capítulo é assunto de muitos sermões, onde mostra a graça de Jesus pela vida dos pecadores e, no entanto, hoje ainda temos conflitos com a lei. Leis que foram anuladas pela graça de Cristo...


Estava meio em crise há um tempo, algumas passagens da bíblia me deixaram meio em duvida quanto a anulação da lei por meio da graça, mas em um dia destes de uma maneira muito doce o Espírito Santo me levou a compreender essa questão. Tudo com Deus é graça!

Mas, ainda assim, vejo coisas que me deixam tão boba... Mentes tão pequenas! Mundinhos tão limitados!

Se Deus mandou seu Filho pra me resgatar do meio da podridão do mundo e estando eu lambuzada em toda sorte de imundícia, ele me amou porque agora Ele deixaria de receber minha oração porque o chamo de Jesus ao invés de Yeshua? Ou porque trabalho aos sábados não sou digna dos favores Dele?

Homens continuam cultuando a lei do Toráh como se a graça fosse resultado de uma lei cumprida...

Não seriam exatamente estas coisas que Jesus confrontava? Religiosidade Vã?

Do que adianta saber o nome original do Filho de Deus, saber versículos bíblicos e ter revelações sobrenaturais se o caráter do Filho não puder ser esculpido em nós? Que mediocridade e hipocrisia é essa que aponta tanto e não muda de vida?

A religião tem enfadado a todos nós, leis, regras, jogos, competição por estilos que mais agradam a Deus tem reduzido o evangelho a nada!

A graça anula a lei. A misericórdia triunfa sobre o juízo!

Não é a cruz local de sacrifício pela minha vida? Onde alguém jorrou sangue pela minha purificação?

O preço já foi pago! E tudo isso para um único propósito, levantar um povo que se pareça com Jesus em caráter, em unção, em santidade...

E isso é resultado de vida com Deus...

Ouvi algo esses dias que me mudou... Ninguém ama porque isso é mandamento. Amar não é Lei... Ninguém ama ninguém! Amor é fruto de vida com Deus, só quando estamos na presença conseguimos entender a Deus, entender a nós e conseqüentemente aos outros

Não com imposição, não de mentira... Não pra homens ver... Não pra julgar, apontar, criticar, não para defender placas ou eleger melhores apóstolos e pastores... Parem tudo... Onde vamos parar?

Onde estão os Filhos? Pacificadores? Simples? Puros? Onde estão os que choram? Onde estão os humildes? Palavras duras nunca mudaram destinos, persuasão nunca foi eficiente a ponto de tirar alguém do pecado definitivo... Onde estão Aqueles que ouvem a Deus? Que andam com Deus, que conhecem o coração do Senhor?

“Se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós e o seu amor é em nós aperfeiçoado...”

Sabe o que é isso? Conhecer a Deus de tal maneira e ser um com Ele, a ponto de sentir as dores da cruz pelas pessoas ao nosso redor... É sentar com estas pessoas e falar sobre Deus com amor, é exercitar a misericórdia, é olhar pra cada uma através da cruz!

Essa pratica está bem longe de pregação de religião, de defender pontos evangélicos e criticar crenças... A graça salva... A LEI crucifica... Quando o amor de Deus é transferido há mudanças de vida! Quando o amor de Deus é transmitido, vidas são restauradas... E isso é o reino que Jesus pregou!

A transferência da vida de Deus só pode acontecer se formos um com Ele... Se caminharmos com Ele, se Ele for alguém de nosso intimo relacionamento... Só com este nível, poderemos viver os impactos que o evangelho simples gera.

Não dá pra substituir unção por inteligência, por delicadeza, por “jeitinho”... E nem dá pra usar essas ferramentas no mundo espiritual.

O que de graça recebemos, de graça devemos espalhar. Nossa conversão é fruto da misericórdia de Deus e não da Lei de Moisés! Estarmos “de pé” é graça de Deus e não premio por nossa obediência a Leis! Sermos feitos Filhos é graça de Deus...

É muito fácil olhar pra gente que peca mais e julgar que ela está assim, porque deseja, porque não quer Deus... É muito fácil se esquivar de gente violenta, maldizente, fofoqueira, infiel... E até podemos justificar nossa indiferença por qualquer um destes pontos, mas a verdade é que essa postura não tem nada a ver com o evangelho que salva!

A MISERICÓRDIA TRIUNFA SOBRE A LEI!

Busquemos a graça!

Busquemos incansável e incessantemente a Presença Daquele que é Amor!

Busquemos a reconciliação com o evangelho de Cristo, busquemos o aperfeiçoamento do Amor De Cristo em nós... Para que o mundo veja, para que o mundo seja tocado, para que o nome Dele seja glorificado, para que venha o Reino da Luz!


2 comentários:

Usuale disse...

Oi! Tem um site muito bacana que possui mais de 50.000 acessos ao dia e fazem parceria com blogs/sites, vale a pena! Eu já fiz o meu!Só lembrando que como se trata de uma parceria você tem que colocar o selo deles também no seu blog/site, que você pode pegá lo no mesmo link abaixo!Senão você não receberá acessos!

Aí vai o link: http://www.guiademulher.com.br/enviar_blog.php

Um abraço!n

Layse Melo disse...

Sempre sou muito edificada com seus textos e meditações.

Como tenhjo recebido revelação da GRAÇA e do AMOR de Deus!
Ele nos ama e isso está acima de tudo!

Glória a Deus neh Mi! rs